Sinsjusto

Notícias

RETORNO GRADUAL: Servidores com doenças crônicas devem informar condições

A retomada das atividades presenciais do Poder Judiciário do Tocantins começam, de forma gradativa, a partir da próxima segunda-feira, 13, conforme a Portaria Conjunta 23/2020 e o Sindicato dos Servidores da Justiça do Estado do Tocantins (Sinsjusto) orienta os servidores que possuem algum tipo de doença crônica ou comorbidades e que estão no grupo de risco de agravamento em casos de Covid-19 a informar a sua patologia física a diretoria do Foro em que atua.


A Portaria prevê que os servidores desse rol de patologias continuem desenvolvendo atividades remotas, porém, segundo o presidente do Sinsjusto, Fabrício Andrade Ferreira, a situação necessita ser informada. “A priori, não há necessidade de apresentar nenhum tipo de laudo, porém, quem tiver, pode endossar o seu pedido com documentação”, destacou.


Entenda

A previsão, de acordo com a Portaria, é de que as atividades retornem a partir da segunda-feira, 13, com jornada de 6 horas, das 12h às 18h.
Os servidores retornarão gradativamente. 25% do corpo funcional no dia 13; 50% no dia 1º de agosto; 75% a partir do dia 15 de agosto; e 100% em 1º de setembro de 2020.


Os servidores que fazem parte do grupo de risco, entre os quais gestantes, pessoas com mais de 60 anos e/ ou com doenças crônicas continuarão a desenvolver o trabalho de forma remota.