Sinsjusto

Notícias

SINSJUSTO APOIA MOBILIZAÇÃO DOS MORADORES DE TOCANTÍNIA CONTRA DESINSTALAÇÃO DA COMARCA

Nesta semana os moradores de Tocantinia, protestaram contra a decisão do Tribunal de Justiça de desinstalar a Comarca da cidade. Além da manifestação os moradores, encabeçados pela empresária do município, Dejacy Barbosa Coelho, estão colhendo assinaturas em um abaixo assinado que vai ser anexado a petição do Sindicato dos Servidores da Justiça do Estado do Tocantins (SINSJUSTO) que entrou com ação no Conselho Nacional de Justiça (CNJ) pedindo a manutenção da comarca de Tocantinia.

A moradora local Dejacy Barbosa Coelho
 disse que a população está indignada com a alteração. “A desinstalação é um retrocesso, não somente por afetar Tocantínia, mas também as cidades envolvidas, como Lajeado, Rio Sono e Lizarda. Tocantínia tem uma população carente que precisa de acesso ao Judiciário, em especial os indígenas na garantia de seus direitos humanos.”


Os moradores de Tocantínia, Lajeado e Rio Sono almejam 4 mil assinaturas para tentar sensibilizar o CNJ contra a extinção.

O Sinsjusto afirma que a decisão da desinstalação da comarca foi feita sem avisos prévios a comunidade e também sem avisar aos servidores que estão “sem saber seu futuro” e reafirmam que a resolução não dá garantia de que eles serão lotados em comarcas vizinhas.

“Há ‘rumores’ que servidores serão lotados em comarcas vizinhas ou na capital, as entidades padecem de documentos que afirmem essa assertiva, uma vez que a Resolução é taxativa no que diz ao aproveitamento dos servidores e ele se dará pela conveniência da administração”, pontuou Fabrício Ferreira, presidente do SINSJUSTO.

O sindicato além de apoiar os servidores, entende que a alteração feita, via resolução, impactará a vida dos jurisdicionados e, por isso, apoia ação dos moradores de se manifestarem contrários a desinstalação.