Sinsjusto

Notícias

ÚLTIMO CHAMAMENDO IGREPREV

Sindicato dos Servidores da Justiça do Estado do Tocantins (SINSJUSTO) vem informar aos servidores sindicalizados que está aberto um novo e último chamamento para o envio das fichas financeiras e pagamento para a realização dos Cálculos de Atualização monetária dos valores descontados referente ao processo do Instituto de Gestão Previdenciária do Estado do Tocantins (IGEPREV).

Esclarecemos que os filiados que não estão no bojo dos processos anteriores, que tiveram descontos feitos pelo IGEPREV entre o período de 2003 a 2010, e que não enviaram nos chamamentos passados, devem enviar as fichas financeiras e realizar o pagamento dos cálculos.

A ação “IGEPREV” trata-se de um desconto feito irregularmente sobre a gratificação por produtividade pelo Instituto de Gestão Previdenciária do Estado.

 O SINSJUSTO elucida que tendo em vista que há um prazo a ser cumprido para entrar com a ação de execução dos processos judiciais em curso.As fichas financeiras e os comprovantes de pagamento dos cálculos devem ser encaminhadas ao e-mail do sindicato (sinsjusto1992@gmail.com) com brevidade até o dia 17 de janeiro de 2019.

O SINSJUSTO esclarece que esta é a última oportunidade para ser inserido no bojo do processo contra o IGEPREV e que, ao finalizar o prazo, não haverá mais nenhum chamamento após este.


MAIS INFORMAÇÕES

Como retirar a ficha financeira?

Cada servidor pode retirar a ficha financeira diretamente no portal do servidor, a ficha deve ser gerada em PDF, e em um arquivo único e encaminhada ao e-mail do SINSJUSTO, supracitado. As fichas deverão versar sobre os anos de 2003 a 2010.

Como pagar os cálculos?

O valor cobrado por cada planilha detalhada é de R$ 85,00  (oitenta e cinco reais) que deve ser depositada na conta do SINSJUSTO.

Na hora de realizar o depósito, faça como beneficiado Sindicato dos Servidores da Justiça, AG 3962-4 - C/C 22538-X - Banco do Brasil. Após realizar o depósito ou transferência encaminhar o comprovate via e-mail ao SINSJUSTO, a fim que faça conexão do depósito com a ficha financeira do depositante.


O SINSJUSTO lembra que todos os servidores que enviaram os dados e as fichas financeiras, na época em que as mesmas foram solicitadas para a realização dos cálculos, já estão inseridos no processo de execução e não precisam se preocupar.